O que fazer em Natal/RN

por Vi Almeida 04 de Abril de 2018
Dicas do que fazer em Natal/RN

Tenho acompanhado pelas redes sociais uma amiga que está de férias em Natal. Me deu saudades e fiquei pensando porque não compartilhei minhas impressões de lá. Então resolvi fazer.

Estive na cidade em dezembro de 2017. Assim que retornei me dei conta, pela tv (e pelos comentários preocupados de minha mãe) que a região estava vivendo problemas com a segurança pública. É incrível como passei uma semana por lá e não ouvi nada a respeito. Nada! Não vi nas ruas nenhum movimento suspeito nem nenhum comentário, de turista ou nativo, que me deixasse com medo ou receio de fazer algo e aproveitar a cidade, que pra mim, é uma das mais lindas do nordeste. Um mar que nunca vi igual.
 

O que fazer em Natal RN


É claro que se eu voltasse hoje teria um pouco mais de cuidado, mas sinceramente, adorei Natal e especialmente o povo de lá. Mega receptivos, prestativos e solícitos.

Além do mar de cor azul esverdeado, fiquei encantada com as opções gastronômicas na cidade. Tem pra todos os bolsos. Há food truck em várias praças e pontos estratégicos da cidade, nos principais lugares onde os turistas costumas estar, especialmente no bairro de Ponta Negra, mais indicado para a maioria das pessoas que vão se hospedar na cidade. Nele fica a praia de mesmo nome e o famoso Morro do Careca, além de muitos restaurantes e comércio (shoppings inclusive). Dizem que há algum tempo a área mais frequentada por turistas era a praia dos Artistas e região. Mas que agora migrou realmente para Ponta Negra como o melhor lugar para turistas na cidade (parece que a Praia dos Artistas e o bairro lá tem tido problemas de segurança).

Quem passeia por Ponta Negra de carro tem sempre uma vista belíssima. O bairro é mais alto em relação ao mar e o visual fica privilegiado, você sempre tem uma imensidão em verde azulado para admirar.
 

O que fazer em Natal RN


Restaurantes e vida noturna

Em cada noite que passei em Natal, visitei um restaurante diferente. Fomos ao famoso Camarões, mas que confesso que achei legal, só.  Visual requintado, bom atendimento e tal, mas nada que o Páprika ou o Mazzano não oferecessem também. Todos eles ficam em uma avenida movimentada do bairro, a Av. Engenheiro Roberto Freire. Como sou uma vegetariana  em construção (um dia chego lá, rsrsr), não como carne, então não sei indicar cardápios nesta linha, mas vi muita churrascaria lá. Ainda como às vezes frutos do mar e em Natal comi praticamente todos os dias Cheviche. Em todos estes restaurantes acima estavam maravilhosos, vale a pedida! 

Na praia de Ponta Negra, descobri por acaso o Dixie And Dallas Juice Bar, um lugar super legal. Ambiente e decor meio retrô, alternativo, com cardápio cheio de opções naturais, com destaque para os sucos detox! Provei vários e amei! Fica quase no pé do morro do careca. 
 

O que fazer em Natal RN


Outra atividade famosa nas noites de quinta-feira em Natal é o Forró com Turista. O evento acontece na antiga penitenciária da cidade, com comidas e danças típicas, muito forró claro, a partir das 22h. Por isso infelizmente não fomos, rsrsr. Chegamos na porta por volta das 20h30 e ficamos com preguiça de esperar até abrir. As reservas para quem não quer abrir mão de uma mesa podem ser feitas por WhatsAPP, olha que moderno! 084 99862-0202
 

Passeio de Buggy em Genipabu

Pra mim o ponto forte da viagem foi o passeio de buggy em Genipabu, onde eles chamam de litoral norte. Me arrependi amargamente de também não ter feito o asseio ao litoral sul de buggy. É um passeio muito legal. Você percorre vários lugares lidos guiados pelos bugueiros. São milhares deles espalhados oferecendo os serviços e, antes de ir, li que valia a pena pesquisar bastante pra não cair em armadilhas. Pela internet cheguei ao Rogério Bugueiro, bastante recomendado na região. Mas ele estava com a agenda lotada (é bom agendar antes de chegar a cidade) e me indicou o Sr. Moacir. Uma figura, e que fez um passeio muito agradável com a gente. Um buggy leva até 4 pessoas e se você está em casal eles geralmente indicam mais um casal para que o passeio saia mais em conta, mas a opção é sua!
 

O que fazer em Natal RN


Nosso passeio ao litoral norte durou das 8h, quando o Sr. Moacir nos pegou no hotel, até as 16h, quando nos deixou de volta. A vista durante o passeio é sempre maravilhosa pela cidade, e continua quando você entra no Parque das Dunas. Daí você escolhe se quer o passeio com ou sem aventura! Pros mais animados, como nós, a aventura foi uma ótima escolha. O buggy deslizava de forma radical pelas montanhas de areia e descia, calculo, há uns 1.000km por hora! 

Lá do alto, dá pra ver o mar ao fundo e algumas lagoas. Há uma parada para um mergulho em uma lagoa, a de Pitangui. Ficamos por lá por 40 minutos e o mergulho foi uma delícia (há pontos de apoio de bar e sombrinhas). 
 

O que fazer em Natal RN


Seguindo passeio, passamos pelas Dunas  Douradas, onde segundo o Sr. Moacir, foram gravadas cenas das novelas O Clone e Tieta. 
 

O que fazer em Natal RN


No alto de uma das dunas há uma parada para ver a paisagem e há alguns dromedários. Alguns turistas tiram fotos, eu particularmente, não gosto de incentivar este tipo de ação com animais. Optamos por fazer algumas atividades radicais que oferecem: skybunda, tirolesa e toboágua. Você compra as fichas e brinca, o bugueiro espera. Valeu a pena demais! 

Por volta de 12h, fizemos uma parada para o almoço, em um restaurante já indicado pelos bugueiros. O cardápio é self service com vários pratos típicos do rio Grande do Norte. Valor de R$59,00. Após comer, voltamos e fizemos algumas paradas, que achei muito legal. Pelo que percebi, o Sr. Moacir queria nos mostrar os trabalhos de outras pessoas da região, uma forma de incentivar os turistas a consumir com os comerciantes dali tb. Achei bacana esta parceria deles. Paramos em barracas de água de coco, furtas típicas e ele ainda falou muito bem e indicou várias feirinhas de artesanato.
 

Pipa

Quem vai à Natal tem que dar uma esticada e ir à Pipa. Vilarejo típico praiano, com um arzinho sofisticado, uma rua principal do comércio cheia de lojas de artesanato e muitas opções maravilhosas pra quem gosta de comer, como eu! Há opções de culinária mexicana, peruana, oriental, italiana. 
Fora o visual das praias. A principal delas é a do Centro, onde a maré forma piscinas entre o mar e as barracas. Isto acontece por volta do meio dia tá. Cheguei lá pela manhã e fiquei meio decepcionada. Mas foi só a maré encher e ficou tudo bem, tudo lindo!
 

Praia do Amor

O que dizer da Praia do Amor? Nossa, de tirar o fôlego. Há um mirante maravilhoso, de onde se tem uma vista espetacular da região. O mar não dá nem pra descrever a cor. Incrível. Descemos uma escadaria que dá na praia, e fomos caminhando. Paramos por duas barracas, comemos tapioca e tomamos coco, e uma cervejinha né. Voltamos pra Pipa ao final do dia e voltamos pra Natal. São 80km e fizemos em 1h30, com tranquilidade, pela BR101.

 

O que fazer em Natal RN

 

Vale a pensa dar uma passadinha na Praia do Madeiro também, fica na chegada de Pipa. Uma escadaria gigantesca em meio a arbustos vai desvendando uma vista espetacular ao descer até à praia. Vale a parada. 
 

Mergulho em Perobas

Um outro passeio que tentamos fazer foi o de mergulho. Bastante famosos, aparecem em todas as pesquisas sobre Natal na internet, fomos tentados pelas belíssimas fotos apresentadas pelo Sr. Google e arriscamos, apesar de não sermos muito fã da prática. Pra nosso azar (ou sorte vai saber) justo neste dia, o céu estava nubloso. O guia passou no hotel as 5h da matina, isso mesmo, as 5h. Seguimos por cerca de uma hora até o vilarejo de onde a lanha entra mar a dentro. No local, serviram, numa barraquinha suporte, um café da manhã, simples. Chovia muito e o mar estava agitado. Adivinha? Claro que não fomos. Fomos os únicos que ficaram ali, sentados na barraca, esperando a turma de corajosos entrar mar a dentro, no meio e uma cerração praiana absurda que não se via nada. Enfim, dia perdido. Não mergulhamos e não fizemos nada, ficamos ali entediados, esperando a van retornar a Natal. Valeu hein Google. Aprendizado. 


Carnatal

Como bons micareteiros que somos, não poderíamos ficar de fora do Carnatal, micareta fora de época que rola na cidade geralmente no final do ano. Fomos no sábado e no domingo. No primeiro dia escolhemos o camarote Skol (único no evento). Foi legal, mas pra quem já esteve em Salvador nem se compara... Estrutura muito simples pro preço salgado, R$350 por pessoa (só open bar). No dia seguinte optamos pela famosa arquibancada do evento. Muito melhor! Dá pra sentar e ver de pertinho os trios quando passam pelo corredor cercado pelas escadarias. Foi massa, valeu muito os R$40,00 por pessoa, e ainda tinha acesso as barracas pra comprar comida e bebida. 

 

Carnatal RN


E se você tem alguma dica sobre Natal deixa aqui, porque pretendemos voltar!
 

Moacir Bugueiro: 084 99994-3831
Rogério Bugueiro: 084 98832-6651
Restaurante Páprika: https://www.paprikanatal.com.br/
Restaurante Mazzano: http://mazzano.com.br/novo/
Forró com Turista: https://forrocomturista.com.br/forro-com-turista/